04 de Setembro de 2009

...algo paira no ar...

 

Ora feliz dia do dente-de-leão careca para todos, menos para aquele senhor ali.

Por favor acomodem-se o quanto antes e coloquem o cinto de segurança como convém. Vamos evitar ser apanhados por uma daquelas patrulhas de estrada sensíveis, que amuam quando o seu estilo característico é imitado por um simples utente de estrada.

 

Que mal vos pergunte, não vos cheira a Primavera? Não!?

Peço desculpa. Erro meu. Adiante.

E esta altura do ano, hã? Esta é a altura em que na televisão, os apresentadores de seja o que for, começam ignorantemente a dizer que "as férias acabaram" ou que "muitos portugueses regressam hoje ao trabalho".

Sinceramente! É de uma frieza cruel dizer isto a quem quer que seja! Não falo de quem realmente deixou de estar de férias, falo dos que se sentem excluídos por fazer férias nesta época. Pessoas que aguardam entusiasmadas por uma menção ao seu período de descanso desde Junho!

Eu explico.

Em Junho e Julho, por hábito, o(a) pivot diz algo semelhante a "tenha uma boa semana e boas férias, se for o caso".

Agosto é o espalhar do amor! É como uma orgia de palavras de veneração a todos os que estão de férias nesse mês (é quase como se Agosto fosse um clube de futebol campeão ou partido líder e quem pertence a esse clube ou partido, é como se fosse da família).

 

Os media transformam-se radicalmente após o dia 31 de Agosto. Chega a Setembro e já não há paixão, não há amor!

A chama fica mais fraca ou apaga-se!

De um momento para o outro, deixa de existir o calor encorajador nas palavras de despedida no final do boletim informativo!

Há pessoas que se sentem excluídas só porque fazem férias em Setembro. São mesmo olhadas de soslaio e segregadas do seu próprio meio social!

 

É um ignorar somente comparável aquela altura em que nós, na escola secundária, desdenhávamos do cromo que usava camisas de flanela com um padrão de cores, que nem se recomendava ao Stevie Wonder!

Está na altura de Setembro ser um mês que merece homenagem e merecido reconhecimento! Agigantem-se!

É um mês por excelência, em que muito português vai espalhar amor fora de casa. E se há coisa em que o português é bom, principalmente quando tira uns dias de relaxamento, essa coisa é espalhar amor.

Nem que seja no trânsito, a abrir a janela da porta do carro para dizer "a tua mãe é mais meiguinha que a tua irmã, oh flor!".

 

Agora ide, meus fiéis. Ide fazer amor como se não houvesse amanhã, porque é sempre possível isso acontecer.

Mas não deixem que este meu comentário vos tire o apetite. Não se incomodem comigo. Vão em frente. Conto com o vosso bom desempenho. Querer é poder, acreditar é vencer!

E cortem as unhas, por favor. Isso magoa...

 

Não me levem a mal. A sério, não vos cheira a Primavera?

Enfim...(suspiro)...

escrito por centrodasmarradas às 00:50 linque da crónica
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
16
17
18
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

os que venderam bem
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre o espécime
saída de emergência
 
patacoadas
..ainda bem. Está na altura de trazer uma garrafa ...
Vinho é muito bom! concordo consigo :D
Esse reality show não teria grande sucesso, pois j...
...e será só ela, Rafeiro? Abraço...
Quando aparece o tipo a dizer porque é que a outra...
...a seu tempo, meu caro. A seu tempo...
...bem relevante!...e as garantias?...ningué...
Eu não sei se devemos dar dinheiro a esses tipos o...
1º Eu respondi a cena do ministro, queres a morada...
Eu juntava era esses criadores de dias mundiais e ...
blogs SAPO