23 de Dezembro de 2009

...o degredo, é a alma do negócio...

 

Que tipo de terrorismo é de se esperar neste nosso país?

Qual seria o epicentro mais provável para um ataque?

Qual o centro nevrálgico para a prévia subtil conspiração?

Com quantos paus se faz afinal uma canoa?

 

Tive de subir a uma das serras mais conceituadas do nosso país, para encontrar o reduto do mais bem escondido terrorista português. Não foi fácil. Mas consegui. Sem mais delongas, apresento-vos o senhor Laurêncio.

- Senhor Laurêncio, já pode aparecer.

- Laurêncio d'Arrábida, se não se importa.

- Bem vindo ao nosso espaço, senhor Laurêncio d'Arrábida.

- Ora essa, o prazer é todo meu. E afinal, o espaço também é todo meu.

- Referia-me ao espaço da entrevista...

- Adiante, vamos lá a despachar com isto.

- Como descreveria a sua pessoa?

- Bom, o Laurêncio é um indivíduo sereno, gosta de todas as temporadas das "Donas de Casa Desesperadas", gosta de dar grandes passeios pela serra ao entardecer e está a tirar um curso por correspondência de culinária para solteiros.

- A sério!?

- Não.

- Senhor Laurêncio d'Arrábida, porquê enveredar pela vida do crime?

- Porque a vida do oculto soava-me mal. Na vida do crime é "faz-se e acontece", não há cá vígaros.

- Não posso deixar de lhe fazer esta pergunta. Quem é para si, o mais bem sucedido terrorista?

- Olhe e eu não posso deixar de responder a essa pergunta! Esta foi boa, não foi? Um bocado de humor para quebrar o gelo, percebe?

Bom, mais a sério, terei de apontar o exemplar serviço de dois esquilos que moram neste Pinus Pinea por cima da entrada. Muito bem organizados!

- Peço desculpa pela minha ingenuidade, mas não entendo como dois esquilos podem ser terroristas...

- Ui! Todos os dias o padeiro deixa-me o pão e um saco de tâmaras. E não há um único dia em que os consiga apanhar a surripiar-me as tâmaras! É o que lhe digo! Muito bem organizados!

- Bom, continuando. Tem alguma coisa entre mãos para breve?

- Refere-se a esta frigideira? É quase hora do almoço. Não me vai fazer a desfeita de não almoçar aqui!

- Eu queria dizer se está a dedicar-se a algum projecto.

- Ah! Sim, estou. Mas é surpresa. Afinal esta ocupação gira toda à volta do suspense.

- E não pode levantar nem um pouco a ponta do véu?

- Posso levantar. Não sei é se vai gostar, a patroa ainda não fez a depilação! Não fique com essa cara! Estou outra vez a quebrar o gelo, homem! Eu tenho um piadão, não acha?

Voltando à sua pergunta e porque engracei consigo, digo-lhe que é um musical sobre um casal que acorda de manhã e, para seu espanto, estão armadilhados com um cinto de salsichas frescas no lugar do dinamite e sacos de tâmaras no lugar dos sacos de pregos à volta da cintura. Ora isto tudo é uma tragédia sem precedentes para o casal e para o pequeno pónei que, com eles parte em demanda, em busca de uma resposta divina.

- Confesso que não é o que estava à espera, senhor Laurêncio d'Arrábida...

- Pois não! É ainda melhor! Diga-me, tirando o Filipe la Féria, quantos terroristas conhece que atacam com um musical? Vá, quantos!?

- Realmente, não conheço nenhum...

- Está a ver!? Continue a dedicar-se ás entrevistas e deixe o terrorismo comigo. Agora para o seu almoço, vai querer o seu esquilo com acompanhamento de molho de tâmara ou nem por isso?...

escrito por centrodasmarradas às 10:11 linque da crónica
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
18
20
21
22
24
25
27
28
29
31
os que venderam bem
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre o espécime
saída de emergência
 
patacoadas
..ainda bem. Está na altura de trazer uma garrafa ...
Vinho é muito bom! concordo consigo :D
Esse reality show não teria grande sucesso, pois j...
...e será só ela, Rafeiro? Abraço...
Quando aparece o tipo a dizer porque é que a outra...
...a seu tempo, meu caro. A seu tempo...
...bem relevante!...e as garantias?...ningué...
Eu não sei se devemos dar dinheiro a esses tipos o...
1º Eu respondi a cena do ministro, queres a morada...
Eu juntava era esses criadores de dias mundiais e ...
blogs SAPO