03 de Janeiro de 2010

...longe da pista, longe do coração...

 

Se eu disser que a polícia do Iraque é lenta, estarei a mentir, a divulgar uma verdade inconveniente ou a ser incorrecto?

Se o mundo efectuasse o movimento de rotação para o lado oposto, quererá isso dizer que teria flocos de cereais ao jantar e carne de porco à alentejana ao pequeno almoço?

"Andar a monte" significa que um determinado indivíduo prefere andar "ás cavalitas" de algo ou de outrem?

 

Depois de passar uma hora, vinte e sete minutos e trinta segundos a explicar à "autoridade-que-anda-sem-cinto-de-segurança-na-via-pública" que a taxa alcoolémica se devia ao facto de ter ingerido uma caixa de mon chérie, lá consegui voltar à estrada com o meu carro de compras, mas não sem antes me terem confiscado uma segunda caixa deste produto por tráfico de licor. Que absurdo...

 

E aqui o temos. O ano novo. Conheci-o não passava mais do que cinco minutos e trinta e três segundos da meia-noite e devo dizer que me surpreendeu pela positiva. Extrovertido embora reservado, bem fluente em português mas estrangeiro. Habituem-se à ideia, pois ele vai cá estar por um ano graças ao Programa Erasmus.

Uma coisa que notei no momento em que saí para a rua a fim de administrar o primeiro valente estalo do ano ás pessoas com que me deparava, foi o quão confuso há-de ser a viragem do ano para os extraterrestres. Eles devem pensar que somos assustadoramente violentos por fazermos uma grande guerra a cada 365 dias (afinal, tanto fogo de artifício na superfície do globo terrestre, à medida que o planeta realiza o movimento de rotação, deve dar essa impressão)...

 

Esta é também a altura em que curiosamente, morrem mais astrólogos, tarólogos, videntes, cartomantes, lançadores de búzios, tudo devido ás previsões do ano transacto resultarem em fracasso...ou não resultarem de todo. O que interessa neste caso é que, se quiserem uma ocupação, saibam que há sempre vagas disponíveis em qualquer uma delas, todos os anos.

 

No nosso país, enquanto algumas pessoas adeptas da passagem de ano, queixavam-se do tempo agreste e totalmente despropositado que faz na Figueira da Foz no Inverno, polvos preparavam há uma semana uma manifestação não autorizada pelas praias de Vila Nova de Gaia, em apoio aos arguidos do processo Face Oculta, mas as condições do terreno ditaram um desfecho trágico.

Ainda que revelando-se numa atitude infrutífera, antes do sucedido houve ainda alguém que tentou dar literalmente "uma perninha" para animar o ambiente, deixando para trás a prova cabal...a própria...a perna...(passem-me o balde, estou a sentir-me algo indisposto).

escrito por centrodasmarradas às 18:35 linque da crónica
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
15
16
17
18
19
21
22
25
26
27
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

os que venderam bem
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre o espécime
saída de emergência
 
patacoadas
..ainda bem. Está na altura de trazer uma garrafa ...
Vinho é muito bom! concordo consigo :D
Esse reality show não teria grande sucesso, pois j...
...e será só ela, Rafeiro? Abraço...
Quando aparece o tipo a dizer porque é que a outra...
...a seu tempo, meu caro. A seu tempo...
...bem relevante!...e as garantias?...ningué...
Eu não sei se devemos dar dinheiro a esses tipos o...
1º Eu respondi a cena do ministro, queres a morada...
Eu juntava era esses criadores de dias mundiais e ...
blogs SAPO