25 de Março de 2010

...quem tudo quer, tudo verte...

 

Fiéis ávidos de conhecimento! Finalmente é oficial! Dêem as mãos em celebração! Quero ver uma lágrima!

Segundo o pouco noticiado pela TVI por razões óbvias, estamos já na estação do amor, do desabrochar, da alegria da borboleta que pulula de flor em flor!

Hoje vou fazer um directo do campo em flor, sem me importar com as alergias, a irritação dos olhos, ou com a dezena de espirros seguidos. O campo é agradável e quem diz o contrário, é porque esbarrou contra um cortiço de abelhas, foi picado vezes sem conta e sem dó nem piedade, ou então não sabe que é no campo que se pode encontrar a cura natural para uma tez pálida.

O fenómeno Primavera meus fiéis, surgiu quando alguém atento reparou que algo peculiar se passava entre o Inverno e o Verão e havia que dar uma designação ao fenómeno. Afinal, como ocultar o desabrochar de milhentas plantas e árvores!? E a ejaculação de pólen por parte de milhentas plantas e árvores!?

E foi aí, quando escorreguei no polibain e segurei-me ao cortinado que tudo fez sentido, tal foi a visão que tive. A Primavera só pode ter nascido em ambiente campestre.

Mas como explicar os frutos que aparecem exactamente após o momento em que as flores desaparecem!? Obra do acaso? Mistério!? Furto!?...

Para explicar em pleno este fenómeno ou dar lugar a mais um chorrilho de disparates sem precedentes, tenho comigo a Dna. Mercelina Adelina, tremoceira por ocupação e figurante de programas televisivos matinais nos tempos livres.

- Obrigado por aparecer, apesar do convite em tão curto espaço de tempo.

- Despache mas é lá isso para eu ir pôr os tremoços de molho no ribeiro, homem!

- Assim seja. Qual a sua opinião sobre o fenómeno Primavera?

- Eu trouxe aqui uma redacção que fiz ontem à noite, enquanto fervia água. Como a minha memória já me vai falhando e o nervoso miudinho podia trair-me à última hora, resolvi anotar tudo nesta embalagem de papel de um quilograma de açúcar.

E reza então o seguinte:

"Eu tenho para mim que o fenómeno Primavera, é um efeito climatérico que acontece uma vez por ano e só desaparece porque o tempo aquece e a humidade diminui. O fenómeno Primavera é uma pouca vergonha de plantas e árvores a fazerem o sexo badalhoco entre elas, à vista desarmada e durante vários dias sem paragem, porque depois disso têm que aguentar três estações sem o fazer. Se o fenómeno Primavera não existisse, escusava muita gente de andar a correr para as farmácias para curar picadas de bichos, vermelhões devido aos pólens e comichão que só traz benefícios a estes que vendem pomadas e comprimidos. Além disso, todos os anos em que se dá o fenómeno Primavera, andam-me os animais da quinta que parecem tolinhos agarrados uns aos outros, ou até agarrados ás pernas do meu mais novo. Se há coisa boa digna de apontamento que o fenómeno da Primavera tem, é o facto de dar cabo da geada."

- Nem sei que lhe diga depois dessa redacção que leu...

- Está bem feita, não está?

Enquanto a Dna. Mercelina Adelina pensa numa redacção de 700 palavras, subordinada ao tema "porque razão não se deve usar na cabeça um cortiço com uma colmeia no interior, sem a devida protecção", vou deixar-vos com um magnífico "Até Arrepia!".

Fechem essas pálpebras e imaginem o Quim Barreiros. Agora o Mário Nogueira da FENPROF. Arrepia, não é?

Basta colocar um acordeão e um chapéu de vaqueiro no Mário e já temos substituto para quando o Quim se sentir indisposto!...

escrito por centrodasmarradas às 15:14 linque da crónica
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
19
20
21
22
26
27
28
31
os que venderam bem
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre o espécime
saída de emergência
 
patacoadas
..ainda bem. Está na altura de trazer uma garrafa ...
Vinho é muito bom! concordo consigo :D
Esse reality show não teria grande sucesso, pois j...
...e será só ela, Rafeiro? Abraço...
Quando aparece o tipo a dizer porque é que a outra...
...a seu tempo, meu caro. A seu tempo...
...bem relevante!...e as garantias?...ningué...
Eu não sei se devemos dar dinheiro a esses tipos o...
1º Eu respondi a cena do ministro, queres a morada...
Eu juntava era esses criadores de dias mundiais e ...
blogs SAPO