15 de Novembro de 2010

...palavras, leva-as o tento...

 

Já passaram pela situação depressiva, em que estão num momento de espera pela abertura do sinal verde e ao olharem para o pára-brisas do carro, ficarem na dúvida se o que vêem escarrapachado no vidro é um vestígio de cuspidela humana ou uma descarga de pássaro? Sinceramente, espero que já tenham passado por isto. Quer por a vida tornar-se ainda mais enriquecedora quando se vive uma experiência deste género, quer seja para ficarem a saber quando é a melhor altura para aceitar o aviso de um "mitrus mitra"...

 

Hoje como habitual, era para vos falar sobre algo substancialmente hilariante, mas houve quem  já se tenha antecipado.

Sim, estamos em crise e a hora não é para graçolas. Mas daí até Timor-leste estar a ponderar negociar a dívida soberana de Portugal em aplicações, dá vontade de quê!? Eu nem bebo café, quanto mais aceitar que me dêem aplicações em troca! E que tipo de aplicações serão essas? Convenhamos, eu até que simpatizo com aquelas magnéticas para colocar no frigorífico, mas duvido que Timor-leste tenha stock suficiente para cobrir a dívida, quanto mais ter frigoríficos para colá-las...

 

Por falar em negócios da China, outro solicitado (o primeiro-ministro chinês Wen Jiabao), agradeceu imenso a honra, embora declinando de seguida a oferta de aquisição. Mas foi no entanto, em jeito promocional, dando um conselho grátis ao homólogo português. Adiantou que o que seria interessante era copiar a dívida pública original, produzi-la em série e vendê-la pelas várias lojas sino-portuguesas.

Por mim até não está mal pensado, desde que seja o Hugo Chavez a apresentar o produto aos compradores. É que este indivíduo é até capaz de vender um melão a um proprietário de uma plantação de melões...

escrito por centrodasmarradas às 17:25 linque da crónica
Lamento desiludir-te, mas nunca tive essa dúvida em relação aos materiais que enfeitam o meu pára-brisas. Quanto à solução chinesa, era mas é cortar a malta que anda por aí e fazer delícias da China, pagava-se a dívida num instante! Abraço!
Rafeiro Perfumado a 15 de Novembro de 2010 às 22:59
Compre o que é português, por assim dizer...ou melhor, fazer. Abraço.
incógnito a 15 de Novembro de 2010 às 23:45
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

os que venderam bem
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre o espécime
saída de emergência
 
patacoadas
..ainda bem. Está na altura de trazer uma garrafa ...
Vinho é muito bom! concordo consigo :D
Esse reality show não teria grande sucesso, pois j...
...e será só ela, Rafeiro? Abraço...
Quando aparece o tipo a dizer porque é que a outra...
...a seu tempo, meu caro. A seu tempo...
...bem relevante!...e as garantias?...ningué...
Eu não sei se devemos dar dinheiro a esses tipos o...
1º Eu respondi a cena do ministro, queres a morada...
Eu juntava era esses criadores de dias mundiais e ...
blogs SAPO