05 de Março de 2011

...quem muitos burros toca, algum há-de embirrar para trás...

 

Sim, sou uma besta! Sou uma vil e alteradíssima besta!

E isto porquê? Se lerem o que está para lá desta linha de texto, percebem. É já nesta debaixo.

Eu sou dos que não perde tempo dedicado a dormir por dormir, farta-se de sonhar ideias abstractas, mas depois demora a aplicar as pioneiras que surgem. Um bom exemplo para vos elucidar, foi o que se passou no final de uma destas semanas.

Eis que sonho uma ideia que iria revolucionar as mentes e quando preparo-me para a pôr em prática...fui ultrapassado. Ele há cada oportunista com métodos refinados, que nem vos passa pelo espaço interdental! Digam-me afinal, quais as hipóteses de alguém (senão eu que sonhei esta catarse apoteótica) que, para aconselhamento na aquisição de títulos e de um empréstimo para compra ou troca de um imóvel modesto a precisar de restauro, chega a reunir-se com os presidentes executivos dos conselhos de administração dos quatro principais bancos portugueses, a fim de esclarecer dúvidas!? Para ser a cópia fiel, só me faltou a parte de ter estado anteriormente reunido com o governador do Banco de Portugal. Mas, se não me recordo de ter sonhado esta última, é porque surgiu entretanto algum espaço publicitário pelo meio e não dei muita importância ao facto...como aliás acontece sempre que assisto ao serviço televisivo quando estou acordado...

 

Outra coisa que me faz atirar um balde de água a quem diz ter sede num dia de chuva, é a passagem para o lado de lá...

Acho uma falta de consideração e de prepotência por parte da morte, quando o próprio morre sem ter conhecimento de causa ou receber uma notificação de que tal facto se vai passar connosco.

E os assuntos pendentes que estavam para ser tratados nesse dia, semana ou mês!? Quem é que vai tratar disso!?

Quando alguém comete o suicídio, é diferente. O indivíduo pode fazê-lo, porque já tratou o que havia a tratar. Pagou a conta da electricidade, do telefone, da mercearia do senhor Gervásio...pediu perdão ás Finanças...

escrito por centrodasmarradas às 18:40 linque da crónica
Se o suicida pediu perdão às Finanças, é porque realmente não andava cá a fazer nada...
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

os que venderam bem
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
mais sobre o espécime
saída de emergência
 
patacoadas
..ainda bem. Está na altura de trazer uma garrafa ...
Vinho é muito bom! concordo consigo :D
Esse reality show não teria grande sucesso, pois j...
...e será só ela, Rafeiro? Abraço...
Quando aparece o tipo a dizer porque é que a outra...
...a seu tempo, meu caro. A seu tempo...
...bem relevante!...e as garantias?...ningué...
Eu não sei se devemos dar dinheiro a esses tipos o...
1º Eu respondi a cena do ministro, queres a morada...
Eu juntava era esses criadores de dias mundiais e ...
blogs SAPO